quinta-feira, 20 de outubro de 2016
Para montar o seu cronograma capilar, é preciso fazer um bom diagnóstico dos seus fios e entender, a partir daí, qual é a principal necessidade deles. O cronograma é dividido em quatro semanas, totalizando um mês. Muitas vezes ele pode ser repetido no mês seguinte — tudo isso depende dos progressos que observamos no mês anterior para os seus fios.

 Existe uma tabela comum de cronograma. Ela é recomendada para pessoas que estão começando o tratamento com cronograma capilar. Consiste, basicamente, de 08 hidratações, 03 nutrições e 01 reconstrução. É necessário lembrar que o intervalo de um processo para o outro é de no mínimo 48h.

 http://artmelzinha.blogspot.com.br/2016/10/como-fazer-cronograma-capilar.html

COMO FAZER

Quando damos início à prática do cronograma capilar, é preciso lembrar que o cabelo precisará ser lavado por pelo menos três vezes por semana, ok?

COMO IDENTIFICAR AS NECESSIDADES DO MEU CABELO?

Para diagnosticar os seus fios, você precisa conhecer o aspecto deles e descobrir qual deve ser a prioridade no seu cronograma capilar.

HIDRATAÇÃO

A hidratação, como o próprio nome diz, é responsável por repor a água dos cabelos, fazendo com que ele fique cada vez mais macio. Ela deve ser prioridade quando o aspecto dos fios é de ressecamento, falta de movimento, cabelo pesado, embaraçado e sem brilho. O processo deve ser feito toda semana — dependendo da necessidade que foi observada.

Lembre-se sempre de seguir as instruções da máscara de hidratação escolhida

NUTRIÇÃO

A nutrição é capaz de devolver a oleosidade natural aos fios. Quando percebemos que o cabelo está muito desalinhado, com pouco brilho, aspecto sem vida, volume excessivo e com muito frizz, os óleos são a melhor opção. O resultado pode ser observado em pouco tempo.

O recomendado, nesse caso, é de repetir o processo a cada 15 dias.

RECONSTRUÇÃO

O tratamento de reconstrução é fundamental para repor as proteínas perdidas ao longo do tempo. É recomendado para cabelos porosos, ralos, quebradiços, com quedas excessivas, aspecto danificado, pontas duplas e excesso de frizz mesmo após a realização das outras etapas do cronograma. Com esse processo, conseguimos devolver aos fios a força de que precisam para manter a saúde. 

No início o resultado não consiste de fios macios, mas não se preocupe — as outras fases do cronograma cuidarão dessa questão. Um ponto muito importante: a reconstrução, por usar substâncias mais “fortes”, precisa ser feita após uma hidratação e uma nutrição!

Para o processo de reconstrução, o ideal é ser feito uma vez por mês, mas caso você tenha feito algum tipo de tratamento químico, pode fazer a cada vinte dias. Após a realização do cronograma básico oficial (essa tabelinha que apresentamos acima), você pode criar seu próprio cronograma. Com a tabela oficial, é possível observar em qual das três etapas o cabelo apresentou resultados melhores — esse processo vai auxiliar a diagnosticar quais são as maiores necessidades dos seus fios.

A partir daí, é montado o seu cronograma, respeitando sempre as considerações importantes:

  • » Reconstrução só deve ser feita após uma hidratação e uma umectação.
  •  » Reconstrução não pode ser feita mais de uma vez por mês (no máximo de 20 em 20 dias).
  •  » Nutrição deve ser repetida de 15 em 15 dias.
Tendo essas informações em mãos, você pode criar seu próprio cronograma! Não se esqueça de que, na dúvida, o recomendado é procurar um profissional para auxiliar nesse processo.

http://artmelzinha.blogspot.com.br/2016/10/como-fazer-cronograma-capilar.html

Fonte: 

Um comentário:

Gostou !! comente !! siga e curti meu cantinho eu retribuo carinho!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

youtube


Total de visitantes do blog

Seguidores

Follow by Email

Tecnologia do Blogger.

fan pag


Translate

Pesquisar este blog

Arquivo do blog